Novedades: Sebrae participa do Fórum Interamericano da Microempresa


Ver fuente

Representantes do Sistema estão em debates sobre microfinanças; estande interativo divulga produtos e serviços da instituição

O Sebrae é uma das instituições presentes à 13ª edição do Fórum Interamericano da Microempresa - Foromic 2010, organizado pelo Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De hoje (6) a sexta-feira (8), em Montevidéu, no Uruguai, representantes da entidade discutem com lideranças e especialistas internacionais o tema microfinanças para microempresas da América Latina e Caribe. O Foromic 2010 acontece nas instalações do Laboratório Tecnológico do Uruguai (Latu).

O diretor técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, lidera uma comitiva de gestores do Sistema Sebrae presentes nas conferências e oficinas, além de representarem a entidade no estande oficial da instituição para atendimento aos participantes do Foromic 2010. Carlos Alberto dos Santos é conferencista de duas plenárias, na quinta-feira (7) e sexta-feira (8) sobre microfinanças e oportunidades para desenvolvimento regional, respectivamente.

O Painel Microfinanças será das 9h às 10h de quinta-feira. A ideia é promover uma conversa informal sobre as novidades envolvendo o tema. Além de Carlos Alberto dos Santos, participam David Roodman, do Centro para Desenvolvimento Global, com sede em Washington; Michael Schlein, presidente da ACCION Internacional, líder mundial e pioneira em microfinanças; e Calus Zeitenger, sócio do Banco dos Andes Procredit.

O Painel Oportunidades para o Desenvolvimento Regional discutirá governança, micro e pequenas empresas, integração fronteiriça e tecnologia em prol da coordenação e gestão territorial público-privada. Carlos Alberto dos Santos debaterá com Cecilia Rivera, do Swisscontact, entidade que trabalha com a gestão de organizações sem fins lucrativos no Peru; Leonardo Loureiro, da ICA, do Uruguai; e Vladimir Carvalho, do Instituto Estrada Real, do Brasil.

Melhores práticas Para o Sebrae, o Foromic 2010 é uma oportunidade ímpar para troca de experiências e para se conhecer as melhores práticas, metodologias e estratégias para promover e apoiar as microempresas. A 13ª edição do evento analisa ainda os efeitos da crise financeira mundial, desencadeada no final de 2008, nos Estados Unidos, sobre as microempresas da América Latina e Caribe.

Este é o terceiro ano consecutivo de participação do Sebrae no Foromic. Em 2008, o evento de microfinanças foi realizado em Assunção, no Paraguai, e em 2009, em Arequipa, no Peru. Desde então, o Sebrae tem discutido com o BID a programação, sempre buscando ampliar para novos temas, como gestão, capacitação, empreendedorismo e mercado.

Para o Sebrae, o Foromic tem potencial para tornar-se um fórum cada vez mais estratégico, pondo em pauta assuntos relevantes e de interesse não só das micro, mas também das pequenas empresas, como políticas públicas para ampliação de linhas de crédito e melhores condições de competitividade. Hoje, pequenas empresas de diversos países da América Latina e Caribe se deparam com a mesma realidade, que é a escassez de crédito e a falta de preparo para enfrentar a economia globalizada.

Uma das novidades da 13ª edição do Foromic é o estande do Sebrae, que divulga, por meio de vídeos, produtos e serviços oferecidos pela entidade às micro e pequenas empresa brasileiras, soluções em associativismo e cooperação. A intenção é fugir do convencional e promover a interatividade com os participantes do evento.

Seminário Ainda em Montevidéu, o Sebrae realizou ontem (5), às vésperas da abertura oficial do Foromic 2010, um seminário para discutir a cooperação entre as instituições de apoio às micro e pequenas empresas na América Latina e Caribe. O evento, organizado pelo Sebrae, foi idealizado para identificar, analisar e refletir sobre os desafios e perspectivas da cooperação.

Também na terça-feira, três iniciativas do Sebrae e de entidades parceiras latino-americanas foram discutidas no formato de mesas-redondas: o Projeto Mato Grosso do Sul Sem Fronteiras; o Projeto Sistema Regional de Informação e Aprendizagem para o Desenho de Políticas Públicas de Apoio à Micro, Pequena e Média Empresa; e o Sebrae CDT-AL - Centro de Desenvolvimento de Tecnologias para a Integração Transfronteiriça de Micro e Pequenas Empresas do Mercosul e América Latina.

Ver todas las noticias>>